Doutoramento em Engenharia Industrial

Ensino

Doutoramento em Engenharia Industrial

O programa de Doutoramento em Engenharia Industrial (DEI) entrou em funcionamento no ano lectivo de 2008/2009 e confere o grau de Doutor em Engenharia Industrial com a aprovação da tese de doutoramento. O programa de doutoramento está estruturados de acordo com o processo de Bolonha e tem a duração típica é de 3 anos a tempo inteiro (180 ECTS), correspondendo o primeiro ano à componente curricular (Curso de Doutoramento) e os 2 anos subsequentes à componente de investigação e elaboração da tese.

O objectivo do programa de doutoramento em Engenharia Industrial passa pela necessidade de oferecer formação de alto nível neste domínio científico, consubstanciada num correspondente alargamento das fronteiras do conhecimento.

Tendo a Engenharia Industrial um cariz marcadamente transversal, será de admitir que esta mesma transversalidade se encontre reflectida num conjunto diversificado de áreas relativamente às quais se entende poder ver alargada a supra mencionada fronteira do conhecimento. Na realidade, domínios como a Logística, a Gestão de Operações, a Engenharia da Qualidade, as Tecnologias e Sistemas de Informação ou a Ergonomia, encontram-se num primeiro plano de interesses para o ciclo de estudos ora proposto e, como tal, norteadoras da produção de novo conhecimento. Deve referir-se, aliás, que o Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial exibe uma experiência sustentada e diversificada de doutoramentos nestas áreas científicas, o que potencia, naturalmente, as condições de sucesso para o desenvolvimento dos projectos de investigação.

O percurso curricular proposto oferece ao doutorando a possibilidade de actualizar o seu conhecimento em algumas das áreas acima expressas. Este enriquecimento é assegurado a par de alguma formação curricular mais generalista, essencialmente orientada para o domínio das metodologias de investigação e de métodos, qualitativos e quantitativos, de apoio à investigação. Pretende-se, desta forma, alcançar um objectivo de natureza metodológica e que se prende com a garantia de constituição de estruturas basilares, sobre as quais possa assentar, com solidez e coerência, a produção de novo conhecimento. Neste mesmo enquadramento, e como objectivo complementar, pretende-se estimular nos doutorandos capacidades de argumentação, alicerçadas no conhecimento científico actual e testadas no confronto público, através do recurso sistemático a apresentações orais representativas do estado de evolução dos seus projectos de investigação.

Assim, em termos de envolvente do objectivo global, pretende-se que os doutorados em Engenharia Industrial venham a demonstrar aptidão para o desenvolvimento de investigação autónoma, de nível universitário, na sua área de conhecimento e/ou a transportar e introduzir abordagens inovadoras em ambiente empresarial.

Em qualquer dos casos, a sua capacidade de desenvolver, integrar, divulgar e apreender novos conceitos constituirá, num sentido mais restrito, uma mais-valia para as organizações em que se integrem e, numa perspectiva mais abrangente, para a sociedade no seu todo.