Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica

Ensino

Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica

O objectivo do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica (MIEM) é o de formar Engenheiros Mecânicos com competências para: conceber, coordenar e executar projectos; propor soluções técnica e economicamente competitivas; decidir com espírito crítico; gerir e controlar processos; desenvolver trabalhos de investigação científica. Para o efeito o mestrado integrado confere uma sólida preparação de base em ciências de engenharia, cobrindo os domínios da mecânica dos sólidos e dos fluidos, da termodinâmica aplicada, da mecânica estrutural, das características e comportamento dos materiais e dos processos de manufactura para além de competências específicas na concepção, no projecto, no fabrico e no funcionamento de sistemas e produtos de engenharia mecânica.

Dada a grande diversidade das áreas de interesse da Engenharia Mecânica, o MIEM apresenta-se como um curso de banda larga, particularmente vocacionada para satisfazer os requisitos de empresas (industriais ou de serviços) e organizações (públicas ou privadas) nos domínios da Engenharia Mecânica (no projecto, na produção, na consultoria em engenharia, no ensino e na investigação, e ainda, na gestão de recursos energéticos e na gestão e manutenção no sector industrial). Os Engenheiros Mecânicos da FCT/UNL devem demonstrar, na sua actividade profissional, uma visão multidisciplinar e capacidade para conceber estratégias de desenvolvimento tecnológico e organizacional.

Nos últimos anos, e num mundo cada vez mais globalizado, os Engenheiros Mecânicos têm vindo a deparar-se não só com constrangimentos de natureza económica, social, ética e ambiental, como também com aspectos tecnológicos de maior complexidade, que requerem competências cada vez mais elevadas e com maior interdisciplinaridade. Na sua actividade profissional e fazendo uso das suas aptidões para integrar conhecimentos, lidar com questões complexas novas e não familiares, os Engenheiros Mecânicos devem ser capazes de intervir a vários níveis, desde a concepção e inovação à execução e à coordenação e auto-aprendizagem.

O MIEM resulta da adequação ao Processo de Bolonha da Licenciatura em Engenharia Mecânica da FCT/UNL. Entre as características realçadas pelas avaliações a que esta foi submetida salienta-se:

  • O ensino das Ciências de Base, que é uma característica marcante e que constitui, inequivocamente, um dos seus pontos mais positivos.
  • A boa dimensão da população discente, fruto de um numerus clausus moderado mantido à volta dos 55 alunos, permitindo um ensino que se distingue claramente de um ensino de massas.
  • O bom relacionamento entre professores e alunos, muito apreciado e louvado por estes, que beneficia o ensino.
  • A grande dedicação dos docentes ao ensino, reflectida em inúmeros aspectos deste, nomeadamente o seu empenho na realização de trabalhos experimentais.
  • A existência de instalações disponíveis funcionais e equilibradas.

Plano Curricular do MIEM

Mais informação